quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Todas temos destas coisas, não é verdade?

Cindy

Há dias que gosto dele, há dias que nem sequer me lembro que existe. Acho que depende da quantidade de horas que dormi. Ele passa o dia a reclamar que não me consegue entender, ora estou bem ou estou mal. Não tenho paciência para quem reclama. Ele diz que o levo a Lua e ainda nem aconteceu nada físico entre nós. Se acontecer o que dirá? Há dias que gosto de parar uns minutos e lembrar-me das suas mãos de volta do meu longo cabelo e há outros que só me apetece dizer-lhe que vá até à Lua e fique por lá.

9 comentários:

  1. Solteira, olha la.... Sinceramente, conheço outras mulheres que também pensam assim, mas geralmente acabam vestidas com uma camisinha branca a tomar uns comprimidos para acalmarem.

    Ou gostas ou não gostas. Ora bem, estes piscas-piscas de humor não vão dar em nada. Vá, orienta-la, se gostas do moço diz-lhe. Já agora, se ele está a perguntar se estás bem ou mal, é que ele preocupa-se. Não é uma reclamação :P (pois há gajos assim)

    Toina :P

    ResponderEliminar
  2. Eu digo-te, se não sabemos o que queremos e ao que vamos, mais vale estarmos sugaditas.

    Ou então fazes como eu que andei meses a relativizar a coisa e depois quando vou a ver estava mesmo só a ser parva ;) *

    ResponderEliminar
  3. Nunca consegui explicar esse estado...
    Também tive dias assim...

    Kisses*
    Fénix*

    ResponderEliminar
  4. Ruben,

    acabei de sair de lá, não me apetece nada voltar. Capiche?

    ResponderEliminar
  5. Rosa Cueca,

    ando a relativizar. E sugadita. Muito.

    Fénix,

    mas passa. Há dias que nem me lembro.

    Siceramente,

    o raio do rimel que uso, so pode.

    ResponderEliminar
  6. Same here. Mas eu lembro-me muito.....

    ResponderEliminar